Um dia em Montmarte: O que fazer no bairro mais charmoso de Paris

Aléxia Muniz
Aléxia Muniz
Olá! Meu nome é Aléxia, criei esse blog para poder falar de viagens. Meu objetivo é te ajudar a viajar, através das minhas histórias e experiências. Bem-vindo ao meu mundo!
Montmartre

O Bairro de Montmartre ficou famoso pelo filme da Amelié Poulain. É um dos bairros mais charmosos e bucólicos de Paris. Local onde fica a conhecida Basílica Sacré-Coeur. Vamos passar um dia por lá e mostrar o que tem pra fazer nesse bairro delicioso?

Com suas ruas estreitas, seus cafés, restaurantes e praças, a região inspira poesia.

Localização

Localizado no 18 arrondissement, na região norte, em Paris.

História

Por séculos, Montmartre foi uma aldeia rural repleta de Moulins(moinhos), daí vem o nome Moulin Rouge que fica na região, local encarregado pelo abastecimento de farinha em Paris.

Em 1860, foi incorporada a cidade de Paris, seu charme pitoresco e seus aluguéis baixos atraíram pintores e escritores, durante o final do século 19 até início do século 20.

Nessa época da chamada, Belle Époque, onde surgiram tantos artistas, a Paris do nosso imaginário, bucólica e romântica, era normal encontrar artistas como Picasso, Salvador Dali, Monet pelas ruas e cabarés da região. (Dica: filme que retrata bem essa época ‘’Meia-noite em Paris’’ do Woody Allen, vale assistir)

Escadaria em montmartre

Como Chegar

O bairro fica no alto de uma colina, ou seja, se prepare pra caminhar. E o gostoso da região é caminhando e se perdendo nas ruas.

Dá pra chegar por :

Metrô – Linhas 2 e 12

RER – O RER B liga a Gare du Nord ao centro de Paris.

Nós fomos de metrô mas antes de chegarmos, passamos pelo maior apuro, descemos na estação de metro onde fica Montmartre, e logo na saída do metro, tinha um elevador com uma fila ai pensamos ” mas gente, pra que isso? Vamos de escada que é muito mais rapido” rss, que triste constatação. Quando começamos a subir as escadas e a cada lance vencido, tinha outro e mais outro e mais outro.. Não sabíamos mais o que fazer, tivemos uma crise de riso, quase desistimos, suamos, mas conseguimos rss.

Escadaria em Montmartre

Claro que assim que chegamos lá em cima, precisamos comprar uma água, e ai visitamos o muro e estava tudo muito bem até que eu vi que pra chegar na Praça dos Artistas e consequentemente, ao Sacre coeur, tinha mais uma escadaria gigante pra subir, meu marido quis me assassinar rs mas quem tá na chuva, é pra se molhar e conseguimos!!

O que fazer em Montmartre

Basílica de Sacre Coeur

Basílica de Sacre Coeur fonte: google
Fonte: Wikipedia

A famosa basílica fica no ponto mais alto de Paris. É a atração mais conhecida da região. Além de ser linda, tem uma vista de tirar o fôlego.

Sua construção, realizada em mármore travertino, teve início em 1875 e só foi concluída em 1914. Sua imponente fachada exibe estátuas de Joana D’Arc e do Rei São Luís IX e seu campanário, com 83 metros de altura, abriga um sino com mais de 20 toneladas, considerado um dos mais pesados do mundo. Além dos belos detalhes de sua arquitetura, a basílica ainda entrega ao visitante um lindo jardim para meditação e uma das vistas panorâmicas mais belas de Paris.

Praça dos Artistas( Place des Tertres)

É considerado, o coração de Montmartre. É uma praça onde concentra os artistas de rua que vão ali pra fazer pinturas dos turistas e onde eles vendem obras autorais. O valor achei meio alto, eu gostaria de fazer mas acabei por não fazer, começa por volta de 30 euros. Mas mesmo assim vale visitar e conhecer.

Praça dos Artistas

Ali ao redor, tem vários restaurantes e cafés com mesas pra fora. Almoçamos por ali, a comida tava mais ou menos e foi bem caro. Acho que o ideal é ir com indicação pois tem muitos restaurantes pega turistas.

Restaurante na Praça dos Artistas

Essa onde fica a basílica e a praça fica no alto da colina e ali, tem várias lojinhas que vendem souvenirs e crepes e waffles de nutella. Muito gostoso de passear pela região e é cheio de turistas.

Crepes em Montmartre

Eu aconselharia a almoçar na região de baixo de Montmartre e ir lá pra cima, após o almoço, só pra tomar café ali na praça e comer essas delicias parisienses.

Muro dos ‘’Eu te amo’’(Le Mur des Je t’Aime)

Muro dos Eu te amo

Localizado meio escondido na Place Abesses, uma pracinha com bancos e meio escondida. Tem que ficar de olho pra não perder. Trata-se de um muro com mais de 300 declarações de amor escrito ‘’Eu te amo’’ em 250 línguas.

Muro dos Eu te amo

Em cima dos azulejos, o desenho de uma mulher de vestido azul com a frase ‘’O amor é caótico, vamos amar.’’ E essa mulher é Rita Hayworth, famosa estrela do cinema.

Nada mais emblemático pra esse bairro romântico do que uma parede recheada de eu te amo.

Pracinha dos eu te amo

Café des deux Moulins (café do filme Amelie Poulain)

Fonte: blog 1001 dicas de viagem
Fonte: blog 1001dicasdeviagem

Para quem conhece e ama o filme, não pode deixar de dar uma passadinha lá. É o café onde a Amelie trabalhava no filme.

Vale a pena ir e tomar um café, tirar uma foto, caso você curta o filme. Até porque toda decoração remete ao filme.

Fonte: blog umcafezinho
Fonte: blog umcafezinho

Endereço: Le Deux Moulins – 15 rue Lepic 75018 Paris.

Moulin Rouge

Moulin Rouge

A casa de show mundialmente famosa, fica ali em Montmartre. A parte externa é linda. Foi inaugurado em 1889, e turistas do mundo inteiro vão assistir os shows. Quando fui, não cheguei a ver o show por conta do valor, já estava no final da minha viagem e a grana já tava no fim rs. Mas pretendo ir numa próxima vez

Moulin Rouge

Endereço do Moulin Rouge: 82 Boulevard de Clichy, 75018, Paris

Se perder pelas ruas

Acho que o passeio mais legal que você fará, é se perder pelas ruas e cafés. É muito charmoso e romântico e vale a pena ‘’perder’’ umas horinhas por ali. Eu adorei passear pela região e sentir o gostinho de Paris de antigamente.

Beijos!

Compartilhe esse post:

– leia mais –

Posts relacionados