O que fazer em Pipa: 10 passeios imperdíveis

Aléxia Muniz
Aléxia Muniz
Olá! Meu nome é Aléxia, criei esse blog para poder falar de viagens. Meu objetivo é te ajudar a viajar, através das minhas histórias e experiências. Bem-vindo ao meu mundo!

Pipa é um dos destinos queridinhos do Nordeste. É a praia mais legal do Rio Grande do Norte e lá vai encontrar uma grande concentração de restaurantes legais de culinária internacional, hotéis lindos, barzinhos animados e gente de todo lugar do mundo.

Fiz esse post com os principais passeios e lugares para se conhecer em Pipa e não deixar de conhecer. No caso, fiquei 3 dias em Pipa e consegui ver algumas coisas, mas ainda sim faltou coisas pra ver por falta de tempo. Tem alguns passeios pra quem sai de Natal, que dura o dia inteiro e já vai a alguns lugares desses.

 Mas, recomendo ficar pelo menos alguns dias lá pra aproveitar bem. E depois farei um post de guia de Pipa com tudo que você precisa saber para visitar a cidade.

1) Ver os golfinhos na Baía dos Golfinhos

É considerada uma das praias mais bonitas da região, cercada por falésias e acessível somente em horário de maré baixa a partir da praia do centro. Dá uns 10 minutos de caminhada, então, lembre-se disso com o que for levar. O ideal é levar o mínimo de coisas possíveis e uma mochila ou bolsa pra colocar as roupas.

Chegando lá, tem estrutura de quiosques com guarda-sóis e cadeiras. É cobrado para ficar, então lembre-se de levar dinheiro, preferencialmente em espécie. Se não me engano, tinha consumação mínima de R$ 30 reais.

E claro, tem os golfinhos. O melhor horário para vê-los é pela manhã ou final de tarde. Nós conseguimos ver um do nosso lado, ele foi pegar um peixe no ar e vimos pulando. Infelizmente, estávamos sem o celular, depois disso, corri para buscar o celular, mas um pulo daqueles não aconteceu mais. No local, tem stand-up e caiaque para alugar.

2) Chapadão do Amor

Decreto proíbe circulação de veículos no 'Chapadão' da Praia de Pipa | Rio  Grande do Norte | G1
Fonte: Vive Pipa

O Chapadão é um dos cartões postais de Pipa. Para chegar lá, dá pra ir andando, fica a 20 minutos do centrinho ou caso esteja de carro, não tem erro, a partir da rua principal, só seguir as placas que sinalizam o Chapadão.

O chapadão, nada mais é que uma falésia enorme avermelhada com a vista completa da Praia do Amor, Lajinha e Praia das Minas. É um lugar ótimo para ver o nascer ou pôr do sol. Caso vá com tour, é um lugar que sempre param para tirar fotos. Infelizmente, não conseguimos tirar foto, deixamos pro último dia e estava nublado. L

3) Ver o pôr do sol no Mirante Sunset Bar

O Mirante Sunset foi um lugar super recomendado para assistir o pôr do sol. Não sabíamos bem o que esperar, mas tinha lido no site que o ideal é chegar lá com antecedência. Então, saímos da praia e fomos pro hotel já tomar banho e colocar a roupa que ficaríamos até a noite.

Por conta da pandemia, as coisas estavam fechando cedo. Então, os restaurantes e bares iam até 23h no máximo e por ser um período de baixa temporada, não estava lotado. Optamos por começar a noite mais cedo, então nos trocamos e fomos até o Mirante.

Para chegar lá, o mais recomendado é ir andando. Não chega carro até a porta, então, fomos a pé do hotel. Não é tão longe, deu uns 15 minutos, mas já fica a dica. Vá com uma roupa e sapatos confortáveis.

Embora não seja longe, tem várias subidas e descidas, o que torna mais cansativo. O mirante é um bar na encosta do morro com uma vista incrível.

O bar fica no alto da Pousada Mirante de Pipa, no topo do morro reflorestado de Mata Atlântica que fica de frente para a Praia do Centro da Pipa e que separa essa praia da Praia do Amor.

Com certeza, é o melhor lugar para ver o pôr do sol em Pipa. Assim que você chega lá embaixo, já paga a entrada, que não dá direito a consumação. Custa R$ 40 reais a entrada. De lá, você passa por dentro da pousada, que é bem legal parece, são vários chalés no meio do mato.

Experiência

E ai começa a subir as escadas, já adianto que é um tanto cansativo, e a cada nível, tem um mirante diferente com mesas e cadeiras para sentar. O mais alto é o que tem a vista mais bonita, mas quando chegamos já estava lotado.

Tem alguns que já estavam reservados previamente e fomos procurando um com vista boa que não estivesse ocupado. Esses para pré reservas, são os aéreos. Os aéreos são espalhados por todo o mirante e cabem duas pessoas, total de 15 aéreos sendo apenas 1 deles para 4 pessoas. É cobrado um valor de R$100,00. O aéreo que tem a capacidade para 4 pessoas fica R$200,00. Reserve com antecedência pelo site deles aqui.

Ao fundo, um músico tocava música ao vivo que era possível escutar em todos os níveis. E os garçons te atendem em qualquer mesa. A música é bem gostosa e a decoração do lugar muito interessante, super psicodélica e faz todo sentido com a vibe do lugar.

Eles servem bebidas e petiscos. Nós amamos o kibe de carne de sol, vale a pena R$28. Pegamos também porção de bolinha de queijo R$ 25 e de coxinha R$ 25. E pegamos um baldinho de cerveja. O ambiente é muito gostoso e a música é ótima. Foi uma experiência bem legal mesmo e valeu a pena.

Dica de ouro: perto do horário do pôr do sol, ENCHE de mosquito. Passe muito repelente para ir e até leve, se possível.

Além da música ao vivo, dependendo do dia, imagino que na alta temporada, tem o palco principal que é bem maior e mais agitado. E ai vira uma baladinha mesmo.

Agora no palco pequeno, com o músico ao vivo, toca mpb, reggae e pop rock. É um ambiente tranquilo tanto para famílias, casais, grupos de amigos ou pessoas viajando sozinhas. Vimos um casal com um filho de uns 5 anos. Só lembre dessa questão das escadas e dos mosquitos.

Horário de Funcionamento:

Domingo à Sexta:

16:00 – 19:00

sexta e Sábados e Feriados:

16:00 – 20:00

Recomendação pessoal: chegue cedo! É um verdadeiro espetáculo e o mais legal é pensar que isso acontece todos os dias e não valorizamos. Por isso, é tão legal nesses momentos durante a viagem para curtir os pequenos prazeres da vida que não aproveitamos por conta da correria.

4) Comer uma porção na Praia do Centro

É a praia mais frequentada da região, a de mais fácil acesso com suporte de várias barracas e restaurantes. No horário de maré baixa, forma piscinas naturais, o que é ótimo para quem está com crianças.

É da praia do centro que saem os passeios de barco, ou seja, caso tenha reservado previamente ou queira decidir lá na hora, tem pessoas com barcos/lanchas para passeios pelo mar. A primeira vez que fui em Pipa com minha família, meu pai fechou um passeio de lancha, mas infelizmente o mar estava super mexido e passei bem mal.

No local, tem vários restaurantes quase em cima da praia, então sentar ali e curtir o visual comendo uma porção e tomando um chopp é um passeio imperdível.

5) Aulinha de surf na Praia do Madeiro

Praia com acesso mais difícil através de uma escadaria de 150 degraus, tornando complicado para crianças, idosos e pessoas com mobilidade reduzida.

O acesso é pelo Hotel Madeiro Beach e essa praia, diferente da Baía dos Golfinhos, tem melhor estrutura de quiosques e restaurantes. Infelizmente, não tem banheiros no lugar por ser um lugar de proteção ambiental.

A praia conta com escolas de surf, pois a praia tem condições ótimas para o aprendizado. Embora seja calma e tranquila para banhistas, em alguns pontos, forma-se ondas. Então, se você quer curtir a vida de surfista em Pipa, não deixe de ir fazer uma aulinha.

Ah, foi recomendado pelos próprios locais como sendo a praia que mais tem golfinhos. Por ser mais tranquila, tem bastante golfinhos, conseguimos ver lá também. Infelizmente, o dia que fomos estava nublado, mas vimos pessoas fazendo ioga, jogando frescobol, fazendo caminhadas. É uma praia tranquila e gostosa para descansar, por ser de difícil acesso, é mais reservada e fiquei sabendo que é a praia favorita dos gringos, então se quiser treinar um novo idioma, lá é o lugar.

Dica: O que mais tem lá é argentino e eles estão em todos os lugares. Desde garçons até artistas de rua, então prepare-se para arranhar um portunhol para quem quiser fazer amizades.

6) Praia do Amor

Praia do Amor: Romântica, esportiva e maravilhosa
Fonte: Google

A famosa praia do amor é bonita de ver, porém, não é adequada para banhistas. Ela é perfeita para prática de surf com mar agitado e boas ondas. Conta com suporte de barracas e o acesso é pela rua principal ou caminhando pela praia do centro em horário de maré baixa.

7) Passeios de buggy/quadriciclo

Do mesmo jeito que é possível fazer o passeio de buggy em Natal, pra quem vai ficar só em Pipa e vai passar direto por Natal, em Pipa tem passeios de buggy. Tem passeios de 6 e 8 horas, dependendo do roteiro escolhido. Dá pra ir até o Maior Cajueiro do mundo em Pirangi, ir até as Dunas de Genipabu ou ir pro Litoral Sul a partir de Pipa.

Para quem curte um passeio com mais autonomia, Pipa oferece também passeios de quadriciclo que podem durar de 2h30 até 4h.

8) Passeios de Barco

É uma ótima forma de conhecer Pipa pelo outro lado e ainda aproveitar o pôr do sol no mar. Tem opções de passeios com escuna com mais pessoas e dura o dia inteiro e até com alimentação e bebidas inclusas.

Até passeios mais curtos saindo à tarde e passeios de lancha sem alimentação e mais exclusivos. Nesses passeios, passa por todas as praias e também tem o passeio até a Lagoa de Guaraíras com o clássico ‘’banho de argila’’.

Todos os passeios podem ser privativos.

9) Santuário Ecológico

Para quem curte a natureza, não pode deixar de conhecer o Santúario Ecológico. É um excelente espaço para trilhas e tem para todos os níveis. No meio das trilhas, tem os mirantes imperdíveis como o Mirante da Prainha e das Tartarugas.

Para acesso ao santuário, é necessário pagar taxa de entrada de R$15 reais por pessoa. De janeiro a junho, é possível acompanhar as atividades do Projeto Tamar como a solta de filhotes de tartarugas. O Santuário fica ao lado da Praia do Madeiro, então, você pode aproveitar a visita ao Santuário para ao final, descer até a praia e tomar um banho de mar. Dessa forma, já mata duas atrações no mesmo dia.

O Santuário abre de Segunda à sábado das 08h às 17h e domingo das 09h às 13h.

10) Ver o pôr do sol no Pipa Beach Club

Bem em frente a praia, o Pipa Beach Club é um dos restaurantes mais recomendados de Pipa. Tanto para um almoço pós praia quanto para ver o pôr do sol. Com um vista incrível, decoração inspirada na Grécia, vários estilos diferentes de mesas e uma seleção de pratos e drinks.

Ele fica na Praia do Centro e tem o conceito de ser um beach club, pelo fato de ter piscina, puffs e dessa forma, dá pra ficar nele o dia inteiro. Tinhamos acabado de chegar de viagem e estávamos morrendo de fome, fomos direto nele. Paramos o carro no último acesso possível e fomos andando até ele.

Já estava bem próximo do horário do pôr do sol e o local estava bem cheio, as mesas mais legais com vista direta já estavam ocupadas. No fundo, rolando música ao vivo. O cardápio é super variado com opções mediterrâneas, frutos do mar, drinks, saladas e muito mais..

Nós pedimos de entrada pastéis mix com 2 unidades de salmão, carne e bobó de camarão R$35 e de prato principal a tábua de frutos do mar, Chapa do Mar para 2 pessoas R$ 119.

Tudo estava uma delícia, o ambiente muito gostoso, vista maravilhosa e no final após o pôr do sol, pessoal bateu palmas. Falamos: agora sim, chegamos em Pipa. Rss É considerado o melhor restaurante de Pipa.

Não fazem reservas, então chegue cedo para pegar um bom lugar para ver o pôr do sol.

Localização: Largo São Sebastião, 277 – Praia da Pipa, Tibau do Sul – RN, 59179-000, Brasil

Abre: Todos os dias das 10h às 20h.

Telefone: (84) 98106-0033

O que eu achei?

Pipa é incrível. Eu tinha conhecido numa passada rápida com meu pai e não dormimos lá, então tinha vontade de voltar para ficar lá e curtir com mais calma. Meu marido não conhecia e adorou. Ainda farei um post com o guia para visitar a cidade.

Beijos!

Compartilhe esse post:

– leia mais –

Posts relacionados