Passeio a pé pelo centro de Gramado

Aléxia Muniz
Aléxia Muniz
Olá! Meu nome é Aléxia, criei esse blog para poder falar de viagens. Meu objetivo é te ajudar a viajar, através das minhas histórias e experiências. Bem-vindo ao meu mundo!

Uma das partes principais da viagem é passear pelo centrinho e conhecer as ruas andando e onde tudo acontece. Vou falar sobre os passeios e pontos turísticos essenciais no centro e se você estiver hospedado ali, vai passear bastante. Caso não esteja, recomendo estacionar o carro e passar um dia inteiro caminhando e curtindo o centrinho.

Localização

Acho que podemos considerar o marco zero do nosso passeio, a Igreja Matriz da cidade. O coração da cidade, será? Acho que sim, vamos parar o carro ali em qualquer rua paralela e começar o passeio.

Dica: Em Gramado, dependendo da época que você vá, vai ter dificuldade em achar vaga nas ruas ali do centro. Ali tudo funciona com cartão azul, ou seja, você tem que pagar mesmo parando na rua. Ache a placa indicando onde fica o parquímetro pra fazer o pagamento, ou baixe o app da empresa e faça por ali. Pelo app, tem que colocar no mínimo 25 reais e ir usando desse dinheiro. Então, leve isso em consideração, dificilmente você vai usar tudo na viagem. Se não me engano, é R$2 por hora.

Igreja Paróquia de São Pedro

Endereço: Av. Borges de Medeiros, 2659, Centro, Gramado – RS

Já que estamos falando dela. Inaugurada em 1942, na data que é comemorado o dia de São Pedro, padroeiro de Gramado. A igreja tem altura de 860 metros e a torre tem 46 metros. A igreja foi construída em homenagem a São Pedro e nos seus vitrais marcam as passagens de vida do apóstolo Pedro ao lado de Jesus.

A praça em frente é muito bonita e tem alguns detalhes lindos, como o pequeno lago com peixes, bancos e as 12 estátuas dos apóstolos.

A igreja está aberta todos os dias das 7h30 às 21h30. É muito bonito, porém eu achei que a de Canela chama mais atenção e é mais bonita.

Não deixe de tirar uma foto no concorridíssimo termômetro que marca a temperatura da cidade, difícil vai ser conseguir um espaço vago ali.

Fonte do Amor Eterno

Bem ao ladinho da Igreja, um pouco escondida, não deixe de conhecer a Fonte do Amor Eterno. Baseada na Fontana de Trevi, na Itália, é um lugar imperdível pros apaixonados.

Foi inaugurada em 2013 e desde então, milhares de apaixonados colocam um cadeado ali representando as juras de amor eterno. Os cadeados podem ser adquiridos na Boulevard São Pedro ao lado e são customizados ali mesmo. Dá pra gravar os nomes e prender fitinhas. O valor do cadeado é R$30 e têm que ser comprado ali, os que não são comprados, são retirados e eles deixam uma placa bem grande explicando tudo isso.

As lojas onde dá pra comprar, ficam abertos das 10h às 19h. Ao redor é cheio de bancos e quando fomos, tinham pessoas tocando violão e parecia uma cena encomendada. Achei muito bonito e vale a pena a visita. Porém, achei o valor muito alto e meio super explorado a fonte. Não colocamos nosso cadeado lá, mas vale a pena conhecer.

Rua Coberta

A Rua Coberta se tornou um ponto turístico imperdível e principalmente, pra tirar fotos ali e realmente, as fotos ficam lindas ali. É uma galeria protegida por um telhado de vidro com trepadeiras que deixam o teto maravilhoso, parecendo que o teto é de plantas. Tem quase 100 metros de comprimento e abriga várias lojas, restaurantes, cafés e bistrôs. À noite, a rua bomba e é bem lotada, principalmente por ser coberta, os turistas se protegem do frio ali.

Pra escolher o restaurante, não tem muito segredo, vê qual te agrada melhor. Além disso, ficam alguns pintores e artistas vendendo sua arte, fazendo caricaturas ali. Durante alguns eventos especiais, ela ganha decoração temática, por ex no festival de cinema ou no natal luz.

O acesso à Rua é gratuito, ou seja não precisa pagar pra passear por ali, tem lojas de malhas muito boas por ali também.

Palácio dos Festivais

Colado na Igreja e na frente da Rua Coberta, fica o Palácio dos Festivais. Ali que acontece um dos eventos mais importantes da cidade, o Festival de Cinema de Gramado. O evento acontece, normalmente no mês de agosto e é colocado uma faixa vermelha que se estende desde a Rua Coberta até o Palácio.

Dica: Na rua bem em frente ao palácio, tem a calçada da fama local, conhecida como Caminho das Estrelas. Eu dei uma olhada e são artistas nacionais mesmo.

Avenida Borges de Medeiros

Você vai observar que Gramado inteira é toda espalhada nos pontos turísticos, comparada com Campos do Jordão onde o centro ali no baden baden é realmente, o centrinho e tudo acontece ali, não é a mesma coisa com Gramado.

Num primeiro momento, você vai ficar se perguntando qual a rua principal e essa avenida é a principal, onde tem a maior parte das lojas e hotéis. Porém, não se preocupe se o seu hotel ficar nas ruas paralelas, não é longe e é bem tranquilo pra caminhar ali. Ela vai de uma ponta à outra recheada de pontos turísticos, restaurantes, lojas e hotéis.

No Natal Luz, fica toda decorada e é onde acontecem vários shows e paradas.

Praça Major Nicoletti

É esse o nome da praça que fica colada à Rua Coberta, não tem jeito, você vai passar por ali. Na praça, tem bancos onde dá pra descansar, centro de informação ao turista, banheiro e um corredor com flores penduradas, que rendem belíssimas fotos.

Eu não tirei foto ali, porque fiquei adiando, como é um lugar que você passa toda hora, fiquei falando ‘’não, amanhã eu tiro’’ e deixava pra depois, ai no final, não tirei a foto. Não faça como eu, se ver algum lugar bonito que quer tirar foto, vá e tire.

Praça das Etnias

Andando um pouquinho, a Praça das Etnias é ao ar livre e tem vários bancos e é uma praça em homenagem aos imigrantes de várias nacionalidades que fundaram Gramado, a cultura italiana, alemã e portuguesa.

Dali que sai os roteiros de agroturismo, inclusive o passeio Tour Linha Bella que eu fiz. Ali na praça, acontecem as produções de cucas, são super famosas e fazem fila pra compra.

Casa dos Colonos

Logo ali no meio da praça, tem a casa dos colonos, que são vendidos os produtos artesanais dos colonos que trazem seus produtos do interior para serem vendidos ali.

Além das comidas, tem uma feirinha de artesanato onde é vendido todo tipo de produto, como roupas, objetos de decoração, entre outros.

Rua Torta

Logo ali na frente, fica a famosa Rua Torta. Inspirada na rua de São Francisco, Califórnia. É um trechinho bem pequeno e seu nome formal é Rua Emilio Sorgertz. Não tem nada pra ver ali, só tirar uma foto mesmo e pronto.

Dica: Peça pra quem for tirar sua foto, pra agachar um pouco pra poder aparecer toda rua.

Lago Joaquina Rita Bier

Um pouquinho mais longe, esse lago entrou no meu roteiro, mas infelizmente não consegui parar ali, por falta de tempo mesmo. Mas passei várias vezes na frente. Fica bem na entrada da cidade, com 17 mil metros quadrados e recheado de arvores, é um lugar bem famoso pra fazer caminhadas.

Está aberto diariamente e não paga nada pra entrar. Não senti tanta vontade de conhecer passando pela frente e achei que o Lago Negro valesse mais a visita.

Mcdonalds

Fonte: Google

Endereço: Av. Borges de Medeiros, 3088 – Vila Suica, Gramado – RS, 95670-000

Bem ao lado do Hotel Casa da Montanha, esse famoso Mcdonalds, vale passar na frente. Não pela comida em si, é Mcdonalds normal que tem em todo lugar. Mas pela parte externa, é um Mcdonalds temático e é bem bonito.

Feito como nas construções europeias da cidade, tem um relógio meio maluco e vale muito a pena passar por ali, nem que seja pra tirar uma foto e já aproveita e conhece o Casa da Montanha. Na frente do hotel, tem um carrossel que já se tornou ponto turístico. Vale a pena conhecer.

Dicas imperdíveis

Lojas de Chocolates

Não tem jeito, você vai passar por milhares e milhares de lojas de chocolates na cidade. Desde as mais conhecidas como Caracol, Lugano, Florybal como marcas menores.

A maioria dessas lojas, inclusive, faz barras com frases legais e temáticas pra levar de lembrança. Uma dica interessante que foi meu primo que me passou é que é melhor comprar chocolates durante a semana, é mais barato que comprar no final de semana.

Royal Trudel

Fonte: site oficial deles

Endereço: Av. Borges de Medeiros, 2300 – Loja 13 – Planalto, Gramado – RS, 95670-000

Todo lugar, eu vi falando que deveria comer o royal trudel e até anotei no meu roteiro, confesso que não comi porque não sou a maior fã de chocolate. Mas fica aqui a dica, é super bem recomendado.

Empório do Azeite

Endereço: R. São Pedro, 224 – Loja 2 – Centro, Gramado – RS, 95670-000

Uma dica interessante, que passeando por ali vimos. Essa loja de azeites, fica na rua paralela a av borges, é bem pequena. Mas o empório vendem vários tipos de azeites e de várias marcas, inclusive artesanais.

Meu marido é doido por azeites, então, compramos alguns ali e a vendedora explica sobre e nos deixa degustar. Eles inclusive, tem um site onde vendem pro Brasil inteiro.

Eu comentei no meu instagram que tínhamos ido ali e recebi mensagem de seguidora falando que o azeite trufado deles é maravilhoso.

Onde comemos ali no centro

Churrascaria Schimidt

Endereço: R. Garibaldi, 126

Meu marido estava doido pra comer um churrasco gaúcho e no último dia da viagem, do nada, estávamos comprando no chocolate quando um rapaz nos abordou na frente da igreja dando desconto e falando sobre a churrascaria.

Essa churrascaria fica na rua paralela e tinha rodizio de churrasco, o local tem estacionamento e estava até bem cheio. Tinha música ao vivo e os atendentes todos vestidos com roupa tradicional gaúcha.

Com acompanhamentos quentes(arroz, arroz birôbiro, feijão tropeiro, farofa, vinagrete) e frios(salada, maionese), tudo servido na mesa e as carnes passando. Achei bem gostoso, comemos super bem.

Única coisa que achei foi que o rapaz nos falou que o rodizio estava 69,90 e chegando lá, na hora de pagar, foi cobrado R$89,90. Achei meio sacanagem isso, mas tudo bem. Valeu a pena, foi um bom almoço.

Olivas Gastrobar

Endereço: Av. Borges de Medeiros, 2760 – Centro, Gramado – RS, 95670-000

Bem coladinho ali da Rua Coberta, estava afim de tomar um vinho e petiscar alguma coisa e achamos esse bar. Estava tocando uma boa música ao vivo e com gente na porta, nos animamos e logo entramos.

Ambiente muito gostoso, atendimento ótimo, garçom extremamente simpático. O vinho estava delicioso e comemos muito bem, não estávamos com muita fome, então pedimos bruschetta e uma salada com carne.

Estava maravilhoso, mesmo! A bruscheta estava delicia e a salada, perfeita! Valeu super a pena e o ambiente muito gostoso mesmo.

Divino Bar

Já falei desse restaurante aqui e é do ladinho da igreja, super bem localizado. Vale muito a pena ir ali.

Considerações Finais

E esse foi nosso passeio pelo centro, tudo isso dá pra fazer à pé e claro que cada dia, fomos num lugar diferente e sempre passávamos por ali. É muito gostoso e vale a pena se perder pelas ruas de Gramado.

Beijos!

Compartilhe esse post:

– leia mais –

Posts relacionados